Ciclo operacional: o que é e como calculá-lo?

Entenda o que é o ciclo operacional e como deve ser calculado

Confira, neste artigo, como funciona o ciclo operacional e todas as suas características

Compreender todos os detalhes do ciclo empresarial é crucial para a tomada de decisão efetiva.

As questões financeiras são uma das principais a serem resolvidas, pois podem direcionar a sua empresa ao caminho do sucesso.

Dessa maneira, é preciso que haja conhecimento quanto ao ciclo operacional.

Mas, afinal, você sabe o que significa e como ele deve ser calculado?

É importantíssimo saber sua definição, principalmente pelo fato de que pode ser confundido com outro ciclo existente na rotina empresarial – que, por sua vez, também utiliza do operacional para apresentar seus dados e demais informações.

Portanto, continue conosco para melhor compreender o tema e para conhecer, também, as diferenças entre ambos…

Nós, da Conta A2, desejamos uma ótima leitura!

Ciclo operacional: o que é e como calculá-lo?

O ciclo operacional refere-se à soma de tudo aquilo que acontece em relação às operações dentro de uma empresa, seja na compra de matéria-prima, nas atividades relacionadas à produção ou até mesmo na realização das vendas de determinado produto.

Tem como objetivo informar, em média, o período entre os desembolsos realizados para que as operações empresariais sejam realizadas, assim como as entradas obtidas em caixa.

Dessa maneira, parte do capital de giro pode ser financiada pelos fornecedores por meio de prazos médios.

A fórmula utilizada para realizar o cálculo do ciclo operacional, entretanto, é a seguinte:

  • Ciclo operacional = prazo médio de estocagem + prazo médio de recebimento.

O prazo médio, por sua vez, refere-se aos indicadores que indicam o período médio de cada procedimento no processo operacional.

Eles informam questões relacionadas ao tempo em que a empresa obtém o retorno dos clientes, ou realiza o pagamento a terceiros, por exemplo.

Devido a isso, possuem diferentes tipos. Confira, abaixo, cada um deles e as respectivas fórmulas para calculá-los:

  • Prazo médio de estocagem:
  • PME = 360 (Estoque médio / Custo da Mercadoria Vendida)
  • Prazo médio de recebimento:
  • PMR = 360 (Duplicata a Receber Média / Receita Operacional Líquida)
  • Prazo médio de pagamentos:
  • PMP = 360 (Média entre saldo da conta fornecedores inicial e saldo final / compras)

Portanto, a fim de que você consiga entender definitivamente e calcular adequadamente o ciclo operacional de sua empresa, é fundamental estar atento à diferença de cada um dos prazos médios.

Não confunda ciclo operacional com ciclo financeiro

Apesar das diversas diferenças entre os dois ciclos, muita gente acaba confundindo ciclo operacional com ciclo financeiro na hora de realizar os cálculos.

Porém, é essencial compreender que o ciclo financeiro, ou ciclo de caixa, como é conhecido, trata-se da duração para que a empresa consiga converter o capital investido em serviço ou produto vendido, ou seja, transformar a matéria-prima em produto final que, consequentemente, será vendido.

Dessa maneira, o valor da venda é convertido em receita para a sua empresa.

No ciclo financeiro, existem três etapas que envolvem a matéria-prima. São elas:

  1. Aquisição de mercadorias por meio de terceiros;
  2. Matéria-prima inicial, que passa por transformação antes de se tornar o produto final;
  3. Produto estocado até sua venda.

Outro ponto que vale ressaltar diz respeito ao valor das despesas a fim de que essa transformação seja realizada, o qual é incluído no preço final do produto.

Em suma, podemos dizer que, para obter o ciclo financeiro, é necessário considerar o ciclo operacional de sua empresa.

A fórmula, neste caso, é a seguinte:

Ciclo financeiro = Ciclo operacional – Prazo médio de pagamento a fornecedores.

Sendo assim, procure o suporte de profissionais qualificados para auxiliá-lo nos cuidados dos ciclos de sua empresa.

Afinal, quanto menor o ciclo financeiro, maior será a saúde de seu empreendimento.

Conte com o suporte terceirizado para controlar as movimentações financeiras de sua empresa

Pudemos notar que a sua empresa precisa de todo o controle necessário quando se trata de finanças, não é mesmo?

Afinal, isso pode impactar diretamente seus resultados e, principalmente, a lucratividade.

A sua rotina é corrida e, nesse cenário, contar com o apoio de profissionais especializados é crucial para encontrar as melhores soluções ou as mais pertinentes estratégias para aplicar no seu dia a dia.

Nós, da Conta A2, dispomos de um serviço de terceirização e controle de movimentações financeiras que irá te ajudar nisso!

Contamos com uma equipe especializada que irá auxiliá-lo da melhor maneira a fim de controlar e de organizar todas as operações realizadas em sua empresa.

Dessa maneira, você terá maior assertividade na hora de calcular o ciclo operacional.

Utilizamos diversos recursos tecnológicos para tornar ainda mais eficazes os processos que envolvem as finanças do seu negócio, além de proporcionar maior precisão.

Ao contar com o apoio de nossos profissionais e de todo o suporte que nosso serviço de terceirização e de controle de movimentações financeiras pode trazer, você, gestor, garante algumas vantagens, como, por exemplo, o controle sobre todas as movimentações financeiras do seu negócio.

Portanto, não hesite em procurar pelos profissionais da Conta A2 e veja o que podemos fazer por você!

Deixe a Conta A2 te auxiliar com o ciclo operacional de sua empresa

Nós, da Conta A2, somos uma contabilidade digital, localizada no Ceará, que investe fortemente em tecnologia para tornar nossos serviços ainda mais eficientes e para obtermos os melhores resultados possíveis.

Dispomos de diversos recursos e sistemas tecnológicos que facilitam a busca das melhores estratégias na hora de realizarmos a integração de nossos sistemas com os processos de sua empresa.

Afinal, prezamos a melhoria na gestão de nossos clientes por meio de serviços especializados, que entregam qualidade e excelência.

Visamos atender e compreender as reais necessidades de sua rotina, de acordo com a demanda, focando os melhores resultados, a fim de possibilitar que tenha cuidado quanto aos demais fatores essenciais para o andamento das atividades em sua empresa.

Dessa maneira, nosso serviço de terceirização e controle de movimentações financeiras proporcionará condições adequadas a fim de que seja possível atingir os seus objetivos e de evitar maiores problemas com o ciclo operacional.

Então, não perca tempo!

Fale agora mesmo com os profissionais da Conta A2!

Clique aqui e veja como nós, da Conta A2, podemos te ajudar!

Classifique nosso post [type]
Summary
Ciclo operacional: o que é e como calculá-lo?
Article Name
Ciclo operacional: o que é e como calculá-lo?
Description
Entenda o que é o ciclo operacional e como deve ser calculado. Confira, neste artigo, como funciona o ciclo operacional e todas as suas características
Author
Publisher Name
Conta a2
Publisher Logo

Deixe um comentário

Recomendado só para você
Conheça 7 desafios da gestão contábil para sua empresa Confira,…
Cresta Posts Box by CP