9 formas de aplicar a gestão financeira para dermatologistas

Confira dicas pontuais que vão ajudá-lo a otimizar a gestão financeira de suas atividades profissionais como dermatologista.

A gestão financeira é o processo de lidar com as finanças de um negócio por meio de orçamento, definição de metas, controle de despesas, receitas e investimentos. Com um plano de gerenciamento financeiro sólido, você pode evitar períodos de fluxo de caixa negativo e garantir que suas atividades como dermatologista estejam no caminho certo para obter lucro.

Por outro lado, deixar de administrar o dinheiro com sabedoria pode levar a problemas como atrasos nos pagamentos, ficar sem dinheiro e não conseguir pagar seus fornecedores.

Neste artigo vamos entender como aplicar a gestão financeira para dermatologistas. Confira!

Como aplicar a gestão financeira para dermatologistas?

1. Fique em dia com os prazos

Se você não sabe quando suas contas vencem, você pode não ter dinheiro suficiente em mãos. Sem mencionar que não saber quando as contas vencem pode prejudicá-lo com multas por atraso ou aumento de juros, diminuir o crédito da empresa e prejudicar as relações entre credores e fornecedores.

Para evitar pagamentos de contas perdidos, fique atento aos seus prazos. Registre a data de vencimento dos pagamentos e defina lembretes para não ficar para trás. Escreva as datas de vencimento em um calendário de papel, telefone ou computador e obtenha um cronograma de pagamento consistente.

2. Monitore os gastos

Você sabe quanto dinheiro gasta por dia, semana ou mês? Se você não monitora os gastos, pode acumular contas desnecessárias. Além disso, deixar de monitorar os gastos pode levar a gastos excessivos e uso indevido de recursos.

Muitos profissionais da área da saúde têm várias contas – como conta corrente, conta poupança e conta de cartão de crédito. Certifique-se de saber quanto você retira ou gasta de cada conta para manter o controle dos saldos das contas.

É fácil usar seu cartão de crédito comercial para cobrir pequenas despesas. Um lanche para o pessoal daqui, um cafezinho ali… Mas todas essas pequenas despesas vão se somando. Se você não ficar de olho em seus gastos, poderá receber uma conta considerável para a qual não está preparado.

3. Não se esqueça das contas a receber

Se você aceita pagamentos parcelados, está ciente de que pode não receber dinheiro pelos serviços prestados até a data de vencimento. Depois de uma semana ou mês, pode ser fácil esquecer as contas a receber. Mas se você deseja administrar melhor o dinheiro, deve se lembrar dessas dívidas e buscar os pagamentos.

Para ajudá-lo a se lembrar de contas a receber, registre-as em seus livros. Um resumo de contas a receber mostra quais clientes devem dinheiro à sua empresa, o valor devido, quais clientes estão com as datas de vencimento atrasadas e o total de contas a receber.

4. Separe as contas pessoais e comerciais

Você tem uma conta bancária separada para suas atividades profissionais? Mesmo que você não seja obrigado a separar fundos pessoais e profissionais, fazer isso é fundamental para a gestão do dinheiro. Além disso, os extratos bancários da empresa são úteis para calcular a lucratividade, reconciliar seus livros e monitorar gastos.

Combinar seus fundos pessoais e comerciais pode resultar em registros desorganizados, levando a gastos excessivos e oportunidades de crescimento perdidas. Quando você combina as contas, o rastreamento de recursos profissionais retirados e depositados torna-se complicado – tornando difícil monitorar a entrada e a saída de dinheiro.

Além disso, se seus fundos profissionais e pessoais estiverem em uma conta, você pode estar propenso a usar os fundos de seus negócios para despesas pessoais ou vice-versa.

5. Crie um orçamento

Dedicar tempo para criar e manter o orçamento pode simplificar a maneira como você administra o dinheiro. Os orçamentos ajudam a definir metas de despesas e receitas. Quando você sabe quanto pode gastar, pode gerenciar mais facilmente o seu dinheiro.

Um orçamento também prevê a quantidade de receita que você receberá. Se você achar que sua receita é menor do que o orçado, pode encontrar maneiras de cortar despesas e aumentar a receita.

6. Gerencie o estoque

Você encomenda muito estoque de materiais apenas para que ele acumule poeira em seu depósito? Ou você está constantemente ficando sem suprimentos necessários, fazendo com que você recuse os clientes? Melhorar a maneira como você gerencia o estoque pode ajudá-lo na gestão financeira

Rastreie a quantidade de estoque que você tem para evitar cruzar a linha tênue entre ter muito estoque e não ter o suficiente. Registre compras e vendas de estoque em seus livros e gaste tempo monitorando quanto você tem em mãos antes de pedir mais.

7. Corte custos e aumente a receita

Duas dicas de gestão financeira que são diretas, mas podem ser difíceis de realizar: diminuir despesas e aumentar a receita. Se você está tendo dificuldades para gerenciar fundos de negócios, procure maneiras de cortar custos e aumentar a receita.

Você sabe como controlar despesas em uma empresa? Para cortar custos, primeiro analise suas despesas. Ao observar as áreas e os valores de despesas atuais, você pode reduzir e eliminar supérfluos. Você também pode diminuir as despesas procurando por novos fornecedores.

Por outro lado, você pode aumentar a receita oferecendo descontos, promovendo a indicação de novos pacientes ou explorando as redes sociais.

8. Tenha uma reserva de dinheiro

Colocar dicas de gestão financeira em prática pode melhorar significativamente o gerenciamento de fluxo de caixa. Mas às vezes, o inesperado acontece e você precisa cobrir uma despesa de emergência.

Manter uma reserva de caixa vai ajudá-lo a administrar o dinheiro quando estiver em apuros. Para isso, basta abrir uma conta de poupança e depositar regularmente em sua reserva de dinheiro.

9. Busque o auxílio de um contador

A melhor forma de ser assertivo na gestão financeira é buscar o auxílio de um especialista na área. E o seu escritório de contabilidade pode se transformar em um grande aliado para ajudá-lo no controle do patrimônio do seu negócio.

Além de garantir que você cumpra todas as obrigações legais, um contador também contribui com insights valiosos, que ajudam na gestão financeira para dermatologistas!

Você gostou das dicas para aplicar a gestão financeira para dermatologistas? A Conta a 2 oferece soluções que vão muito além dos tradicionais serviços contábeis para a área médica. Visite nossa página e descubra como podemos ajudá-lo!

Classifique nosso post [type]

Deixe um comentário

Recomendado só para você
Confira algumas dicas pontuais que vão ajudá-lo a entender como…
Cresta Posts Box by CP